sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Aniversaire

27 de setembro


Dezessete dias para vinte e um?
Humm
O que foram estes vinte anos passados?
Com "Realidade" atento com os olhos


(...) "Há vinte anos! ...
O que eu era então! Ora, era outro... [a]
Há vinte anos inúteis (e sei lá se o foram!
Sei eu o que é inútil ou útil?) ...
Vinte anos perdidos (mas o que seria ganhá-los?)".

(Álvaro de Campos) é louco, eu sei
Campos... De Prado?
Hummm
... Talvez.
Pois bem,
Saber a utilidade dos anos passados é...

Antes de inventar uma resposta para me satisfazer complemento:

- Vale mais um dia mal vivido por uma noite de poesias
Do que um sono profundo e "tranquilo" sem...


Ah! Não sei.
Queres algo mais que a alma exposta pura e transparente, revelada tão só e somente?
Assim é a alma desta artista (=
Que de tão tímida às vezes fala ambulantemente para não parecer indolente
"Às vezes" conta histórias engraçadas aos mínimos detalhes por valorizar os simples momentos já vividos
Outras vezes, ainda, esta voz se silencia e apenas fala por meio da poesia.

Assim é Priscila que de tão boba se descreve e a sua infância já antiga.

Mon Dieu. Oh! Ma mon Dieu! (My God)
S'il vous plaît. (Please).
Donne pour moi cette sprit des enfants


Mais um ano tem passado
E o sentido da vida aumentado
Utilidade tal conquistada quando o amor
Preenche todo o tempo
E para todo o sempre

"A vida vale a pena quando a alma não é pequena". (Fernando Pessoa)

Sophie Meadows
Obs: Sophie escreveu às 2h30min do dia 10 de setembro de 2010. Inspirada por Fernando Pessoa, onde também tirou tais poesias citadas.

Um comentário:

ribeirinho disse...

Uou... ainda tenho muito o que conhecer de ti. Parabéns pelo blog, Priscila!